Home » Matérias » Apple IIGS encerrou sua linhagem de maneira honrosa

Apple IIGS encerrou sua linhagem de maneira honrosa

:: por Redação macmais :: 20/11/2012 :: Deixe um comentário

À frente do Mac, por Mario Amaya (@marioamaya).

Matéria originalmente publicada na macmais 75.

O Apple IIGS, nono modelo da linha Apple II e o mais avançado de todos dessa família, foi produzido entre setembro de 1986 e dezembro de 1992 e marcou em seu lançamento o décimo aniversário da empresa. Fez dobradinha com o modelo “popular” Apple IIc e superava tecnicamente, em vários aspectos, o Macintosh.

Isso pode soar surpreendente, já que a Apple sempre nos disse que o Mac é o melhor computador que ela consegue fazer. Quem colocou a Apple nos livros de História foi o Apple II e seus derivados; só depois o Mac participou de seu progresso. Embora fosse um triunfo tecnológico em muitos aspectos, o Mac não se impôs como produto de massas com alcance comparável ao do Apple II em sua época.

O software do Apple IIGS lembrava muito
o Mac OS — com menos pixels, só que colorido

A coexistência dos dois tipos de computadores sob um mesmo teto não foi nada fácil, pois durante os primeiros anos de vendas do Mac, era o Apple II que trazia lucro à companhia, enquanto a plataforma lançada por Steve Jobs — que nem estava mais na companhia em 1986 — drenava recursos em seu desenvolvimento. Mas ao mesmo tempo a diretoria da Apple sabia que o Mac detinha as chaves do futuro e cuidou para que ele tomasse gradualmente o lugar do Apple II. Para complicar, as equipes de desenvolvimento das duas linhas eram independentes e rivais. A única coisa que aproximava Macs e Apple II era o design industrial icônico, feito pelo estúdio Frogdesign (a partir do Mac Plus e do Apple IIc).

Hardware

GS vem de “Graphics and Sound” e representa o passo anterior àquilo que a Apple chamou mais tarde de AV, que significa ”Audio and Video”. Para poder editar áudio (A), primeiro precisa-se poder lidar com som (S); para poder editar vídeo (V), primeiro precisa-se lidar com gráficos (G).

O Macintosh e o Apple II já tinham uma capacidade rudimentar de geração de som, mas o IIGS foi o primeiro a não só produzir som digital estéreo (ainda que com um bizarro plugue de saída mono), como também trazia um chip sintetizador da Ensoniq, recurso que o tornava atraente para aplicações musicais, assim como os contemporâneos Commodore Amiga e Atari ST (a síntese de som foi incorporada aos Macs posteriormente via software, com o QuickTime).

gabinete tentava disfarçar o fato de ser um paralelepípedo tendo uma seção diagonal com uma projeção para a frente. Era de lei usar drives externos de disco e disquete na época, e um aparelho de TV na função de monitor ainda era comum

O gabinete tentava disfarçar o
fato de ser um paralelepípedo tendo uma
seção diagonal com uma projeção para a
frente. Era de lei usar drives externos de
disco e disquete na época, e um aparelho de
TV na função de monitor ainda era comum

De fato, o Apple IIGS era tão atraente para a música que a Apple Corps, a empresa que cuida da obra dos Beatles e produtos derivados, processou a Apple Computer por quebra do acordo feito em 1981 entre as duas empresas para que os computadores não trouxessem nada que pudesse ter a ver com música. Essa disputa só foi resolvida muito depois, em 2007, com um novo acordo pelo qual a já renomeada Apple Inc. passou a ser a dona mundial do nome Apple, enquanto a Apple Corps reteve o direito exclusivo de usá-lo para seus próprios fins.

Quanto ao G de GS, o Apple IIGS também estava à frente do Mac por ter sido o primeiro a suportar cores. É certo que o display tinha resolução mais baixa: atingia o máximo de 640 × 200 contra 512 × 384 do Mac, com a desvantagem de os pixels no Apple IIGS serem alongados na vertical e não quadrados como no Mac ou em qualquer outro computador moderno. No entanto, a máquina suportava uma paleta de 4.096 cores, sendo 16 simultâneas, e com hacks especiais era possível exibir até 3.200 cores na tela. E, claro, instalando-se um cartão dedicado de vídeo seria possível trabalhar com mais cores ainda, tornando o Apple IIGS viável para pintura e manipulação de imagens, já em 1986!

Outra diferença marcante do Apple IIGS para o Mac era a expansibilidade; ele possuía sete slots que aceitavam uma enorme variedade de placas com funções adicionais, sendo a mais popular a placa SCSI para suportar discos externos. Essa capacidade só apareceria no Macintosh II (1987) e derivados como o IIfx, IIci, IIvx e outros modelos “profissionais”, antecessores distantes do atual Mac Pro.

O Apple IIGS também foi o primeiro computador, e não o Mac, a incluir teclado e mouse com a interface serial ADB, exclusividade da Apple que foi criada pelo próprio Steve Wozniak, sozinho, em casa, como um projeto de hobby. Por falar em Woz, as primeiras 50 mil unidades produzidas do Apple IIGS traziam a assinatura dele na frente do gabinete, com a designação “Limited Edition”. Não era tão limitada assim, mas foi importante por manter a associação do computador com o seu inventor original.

Revistas da época Elas expõem os clichês culturais associados aos computadores pessoais nos anos 1980. À direita vemos John Sculley, então o CEO da Apple

As revistas da época expõem os clichês culturais associados aos computadores pessoais nos anos 1980. À direita vemos John Sculley, então o CEO da Apple

Software

O sistema do Apple IIGS era uma fusão dos anteriores para o Apple II com uma interface gráfica muito semelhante à do Macintosh. O computador usava o processador de 16 bits WDC 65C816 – que, curiosamente, também serviu de base para o processador do console Super Nintendo. Ele podia utilizar até 8 MB de memória RAM, embora a maioria dos Apples na época não passasse de 1 MB.

Graças à maior capacidade, o sistema operacional foi reescrito aos poucos, culminando na revisão final GS/OS 6.0.1, de 1993. Um dos maiores argumentos de venda do Apple IIGS era a aplicação educacional: o uso dele em muitas escolas norte-americanas forçou a Apple a criar placas especiais de compatibilidade para os Macs, a fim de facilitar a transição. Além disso, uma enorme variedade de jogos fez sucesso no Apple IIc e Apple IIGS – uma trajetória muito diferente da tomada pelo Mac na década de 1990, no qual os games ficaram em último plano.

Acompanhe a macmais nas redes sociais:

Deixe um comentário

 

Publicidade