Home » Matérias » Entrevista » Entrevista com Pedro Franceschi, criador do “Siri brasileiro”

Entrevista com Pedro Franceschi, criador do “Siri brasileiro”

:: por Redação macmais :: 06/01/2012 :: 12 comentários

por Daniel Pavani (@dpavani)

Há três meses, a Apple lançou o iPhone 4S, que trouxe com ele uma excelente novidade em seu iOS 5: Siri, o assistente pessoal da Apple que promete mudar o modo como interagimos com nossos smartphones. Fato é que em meio a inúmeras críticas iniciais – afinal o novo iPhone não parecia novo – o Siri (ou a Siri, depende do país), foi um dos fatores que chamou a atenção de quem se aventurou para conseguir o iPhone 4S.

O Siri já está parcialmente funcional em poucos idiomas (inglês, francês e alemão). E é preciso também levar em consideração que os serviços de localização só estão disponíveis nos Estados Unidos. De um brinquedo interessante (todo mundo que já usou o Siri fez perguntinhas do tipo “qual o sentido da vida?”) para algo extremamente útil, falta pouco.

Mas e nós, brasileiros, o que fazemos? Como já sabemos, o idioma português não está entre os falados pelo Siri. Mas quem disse que isso poderia impedir que o desenvolvedor Pedro Franceschi trabalhasse para“ensinar” o assistente de seu 4S a falar português? Pois é o que ele fez.

Pedro tem apenas 15 anos, estuda, trabalha e programa, tendo aprendido tudo sozinho usando a internet. “Com uns 8 ou 9 anos, comecei apesquisar sobre C e C++ e, por fim, aprendi ambas as linguagens, e como tempo fui me aprofundando em outras”, conta Pedro, em entrevista à macmais. “Acho que tudo está no quanto você ama o que faz”, afirma. Mas é claro que ganhar dinheiro também é bom, e Pedro afirma ter recebido uma boa quantia já com seus três aplicativos disponíveis na loja independente Cydia (via jailbreak do iOS), PhyScroll, PhySwitch e iUsers.

Vamos logo ao que interessa, isto é, como ele conseguiu fazer o Siri falar português. Pedro usou o SiriProxy, uma ferramenta criada por hackers que intercepta a comunicação entre o iPhone 4S e os servidores da Apple, redirecionando os dados para outro computador – normalmente, o do próprio desenvolvedor. Depois de interceptar sua fala em português, antes que ela seja enviada para a Apple, Pedro utilizou oAPI do Dragon Dictation – popular aplicativo do iOS de transcrição fala-escrita com suporte a português brasileiro – além de uma boa dose de conhecimento em programação em Ruby e física de ondas, para transformar a fala em um áudio em inglês.

O arquivo de áudio, produzido com os devidos codecs utilizados pela Apple, é enviado para os servidores da empresa, como se estivesse sendo enviado diretamente do iPhone 4S. Depois disso, o processo acontece naturalmente e o Siri dá a resposta ao usuário. É claro que todas essas etapas fazem com que o processo seja mais lento do que o normal, mas, ainda assim, funciona muito bem (você pode ver o “Siri brasileiro” funcionando no vídeo mais abaixo).

Mesmo com tudo isso, Pedro ainda é modesto. Quando questionado sobre a complexidade do que ele conseguiu fazer, em uma escala de 1 a 10, com 10 sendo fazer o Siri do zero, o desenvolvedor acredita que seu trabalho teve uma complexidade de grau 4. A boa notícia é que, assim que um jailbreak para o iPhone 4S for conseguido, Pedro garante que disponibilizará o “Siri brasileiro” na forma de um aplicativo na loja Cydia.

Quanto a trabalhar na Apple, como aconteceu com alguns desenvolvedores que também fizeram sucesso com aplicativos publicados de forma independente (isto é, sem passar pela App Store, só via jailbreak), Pedro garante que é um sonho.“Estaria mentindo se falasse que não me imagino recebendo uma ligação da Apple. Trabalhar lá é o sonho de qualquer pessoa que trabalhe com Objective C. Porém, a Apple não é um lugar fácil. Muita pressão, prazos, perfeccionismo numa escala assustadora, mas com certeza deveser uma experiência única”, afirma Pedro.

 

 

Siga a @macmais no Twitter e curta nossa página no Facebook!

12 comentários

  1. dieter rams comentou 12:56 às 6 de janeiro de 2012

    geniozinho, hein! 15 anos…

  2. analfabite comentou 13:33 às 6 de janeiro de 2012

    Ham???
    Entendi p… nenhuma

  3. Magno comentou 16:26 às 6 de janeiro de 2012

    É isso aí, Pedro! Valeu! Continue sendo essa pessoa maravilhosa. Agradeço a Deus todos os dias por existirem pessoas como você que veem além de nós meros mortais! Alguns podem pensar que é um pequeno passo mas já mostra quem você é e a que veio! Sucesso!

  4. Jefferson comentou 21:14 às 6 de janeiro de 2012

    Uma barreira vencida, mais para ser útil, pelo menos ao usuário final o “Siri brasileiro” deveria de forma ao menos sutil responder as perguntas em português, pois somente assim, interpretando a nossa língua mas respondendo ainda em inglês não muda muita coisa visto que o usuário deve entender pelo menos o intermediário do idioma inglês.

  5. Wagner Freiria comentou 8:18 às 7 de janeiro de 2012

    Esse Pedro é o cara mesmo, parabéns…pode parecer um pequeno passo, mas é assim que surge os grandes gênios, como Steve Wosniak inventaram aquelas blue boxs para burlar o sistema de telefonia…continue assim vc tem um grande potencial.

  6. Neymar comentou 10:39 às 7 de janeiro de 2012

    Parece comigo…

  7. elvis ricardo comentou 23:32 às 7 de janeiro de 2012

    Primeiro ele não fez o Siri falar português ele fez o Siri entender o português o que já é um grande feito! agora a matéria foi no minimo tendenciosa com um titulo desses! Entender é diferente de falar! mas gostei o garoto tem potencial.

  8. Rafael comentou 11:49 às 14 de março de 2012

    Jeferson, a questão naoé responderem português, está bem mais adiante disso, o rapaz fez com que o servidor da APPLE entendesse o portugues e vc acha pouco? Faça o seguinte mande um email para o Jobs kkkkk e fala pra ele que vc quer a Siri em português.

    Nao se preocupem em julho a siri vai te responder em PT ja que vc nao entende Inglês kkkk mas sera oficialmente, o siri ja esta disponível para os japoneses e nos seremos os próximos, só que vira com o lançamento do iPhone 5 saco? Assim eles ganharam mais dim dim

  9. Claudio comentou 17:15 às 10 de maio de 2012

    - Parabens Pedro,e vendo Brasileiros como voçê fico cada dia mais comfiante no futuro do nosso pais, eu vivo em Portugal e aqui sofremos muita discriminação principalmente a nivel de desenvolvimento, más eu só tenho que agradecer por existir brsileiros como voçê e tenho sertesa que voçê fara muita diferença na Apple afinal a Apple vai precisar de um substituto Steve Jobes, meus parabens.

Deixe um comentário

 

Publicidade